#17 Manu Manuti: 'Honestidade e autenticidade ajudam a construir uma ligação com a comunidade'

31/03/2019

O Sexto Poder é uma rubrica dedicada a influencers emergentes ou já estabelecidos. Cada semana levamos até ti uma entrevista com um influencer. A décima sétima edição é dedicada a Manu Manuti

Gostaríamos de te apresentar a nossa nova rubrica dedicada a influencers, intitulada "O Sexto Poder". Vamos ouvir o que eles têm a dizer, ouvir as suas histórias e o seu modo de vida. Muitas pessoas deseja a sua vida... ou não seria esta uma nova e cobiçada profissão! os seus seguidores, nalguns casos, excedem a influência de chefes de estado. A californiana Kourtney Kardashian, com 67.3 milhões de seguidores, é seguida por mais pessoas do que aquelas que votaram em Donald Trump para presidente dos EUA em 2016. A italiana Chiara Ferragni, antes de conseguir 15 milhões de seguidores no Instagram e fama mundial era simplesmente uma miúda gira. Eles são milionários, mas como lá chegaram? Fomos descobrir, dando voz aos bloggers de viagens em particular. É certo que a sua capacidade de influência é tão grande que até as marcas internacionais lutam por eles! Há dez anos atrás, as marcas contavam com a televisão e com os jornais, os pilares dos media na altura. Hoje em dia essa atenção voltou-se para os Influencers. A televisão foi chamada o quinto poder, serão os influencers o sexto? Desta questão surge o título desta rubrica. Para aqueles que estão atentos, encontrarão nestas entrevistas várias dicas e conselhos. Mas por outro lado, não parece ser muito difícil para um comum mortal tornar-se num influencer: um perfil nas redes sociais, algum trabalho e muita imaginação!

# 17 Manu Manuti: "Honestidade e autenticidade ajudam a construir uma ligação com a comunidade"

Manu Manuti diz que é possível viajar e criar um impacto positivo nos lugares que se visita, seja do ponto de vista ambiental como do ponto de vista social. Esta ideia fica ainda mais forte quando partilhada. Por esta razão, ele não gosta de se intitular de influenciador e e está satisfeito que as pessoas o sigam e sejam inspirados pelas suas viagens. Ele é principalmente um fotógrafo, que está no México, e muitas das suas histórias vêm de imagens. A razão do seu sucesso está na honestidade e autenticidade, fatores que tornam o seu perfil primariamente numa história autobiográfica. Ele diz-nos que não usa filtros para contar as suas histórias: "Eu sinto que quanto mais transparente você é - diz ele - mais consegue conectar-se com a sua comunidade. A honestidade tem as suas vantagens."

Créditos @manumanuti

O que significa para si ser um influenciador?

Não me considero um influenciador, não gosto muito do termo.

Mas partilhas ideias, no entanto.

Quanto a partilhar ideias, o meu trabalho é inspirar as pessoas a fazerem o que amam.

Como é que isso se traduz na prática?

Eu deixo que eles se afastem dos seus empregos frustrantes e persigam os seus sonhos, por mais impossíveis que sejam. Eu lancei recentemente o meu canal no YouTube e foi projetado com a ideia de promover "viagens com causas", isto é, uma maneira de viajar que envolve a criação de um impacto positivo nos lugares visitados, numa vertente social e ambiental.

Como é que crias o teu conteúdo?

O meu conteúdo é geralmente muito atual e pessoal. Eu falo abertamente sobre as minhas preferências e sobre as minhas ideias.

Sem filtros?

É raro eu filtrar as minhas opiniões. Eu sinto que quanto mais você é transparente e, de certa forma, autêntico, mais pode conectar-se com sua comunidade. A honestidade tem as suas vantagens. Obviamente, ao escolher uma foto, a seleção estética é baseada no seu significado.

Créditos @manumanuti

Podes contar-nos mais?

Um retrato, por exemplo, pode dizer mais sobre uma paisagem e uma experiência específica.

De onde tiras novas ideias?

Da minha vida diária, do que eu faço, sozinho ou com os meus amigos, dos meus projetos diários, das minhas viagens.

Então é um conteúdo autobiográfico, acima de tudo.

O meu conteúdo é muito autobiográfico, por isso, mesmo que pareça um pouco presunçoso, sou inspirado pela própria vida, pelos lugares e pelas pessoas que conheço.

E viajar é o centro do seu mundo?

Comecei a viajar mais e comecei a partilhar mais fotos das minhas viagens. Durante este processo, o meu público começou a crescer e comecei a aproximar-me de marcas interessadas no meu conteúdo. É a abordagem comercial que me levou a gastar mais tempo a cultivar conteúdo, e isso levou-me gradualmente a desafiar-me.

Créditos @manumanuti

O que estudaste ajuda?

Eu estudei advertising e fiz um mestrado em Marketing Internacional, então adaptei-me bem ao boom do mídia social e do marketing de conteúdo e influenciadores.

Vês uma carreira pela frente?

O que me mantém a fazer isto é porque percebe que o que eu faço inspira as pessoas, e que é pelo menos instrutivo, porque elas aprendem sobre o mundo através de minhas experiências. Acredito que farei isto por mais alguns anos e sinto que a ideia será adaptar-me aos tempos. Eu sinto que o marketing de conteúdo é o que eu mais gosto neste momento e considero que seja a minha profissão.

E viajas mais e mais vezes?

Eu viajo em média uma semana por mês.

Sentes que atingiste um objetivo?

Eu gosto de poder alcançar muitas pessoas através do que faço.

Créditos @manumanuti

Mas as críticas aos influenciadores parecem estar a aumentar, certo?

Não há nada de errado em trabalhar ou colaborar com marcas se partilhas os mesmos valores.

Contudo?

No entanto, um influenciador perde toda a credibilidade quando se torna num mero espaço publicitário, ou se envolve com marcas que nada têm a ver com o seu conteúdo, ou que tornam o patrocínio realmente óbvio.

O maior erro?

O maior erro é que, ao perder a legitimidade, perdes o "poder de influenciar", porque mais ninguém acredita em ti.

Créditos @manumanuti

O Hostelsclub promove a cultura de hostels... o que achas sobre este tipo de alojamento?

Eu gosto dos preços baixos dos hostels em comparação com os hotéis, mas talvez o que eu mais gosto é que são um espaço que permite a convivência com outros viajantes.

A viagem é a experiência de "partilhar"?

Claro, os hostels oferecem muitos pontos de contato para socializar: nos dormitórios e nas salas comuns. Então, sim, eu acho que sim - os hostels permitem que vivas com a comunidade de viajantes, e quase sempre, dependendo do tipo de hostel, encontrarás pessoas com gostos muito parecidos com os teus.

Já tiveste alguma grande decepção?

Eu acho que nunca fiquei desapontado pois normalmente analiso muito bem os lugares antes de partir. Assim, não tenho surpresas desagradáveis!

Esta entrevista vai ser traduzida nas principais línguas das 26 que compõem o nosso blog. Se és influencer e queres contar-nos a tua história escreve-nos, vamos avaliar a tua proposta e quem sabe, umas das próximas edições poderá ser sobre a tua história!

Últimas posts no blog

12 Hostels com os melhores Rooftops de sempre

12 Hostels com os melhores Rooftops de sempre

lê mais

Barcelona, ​​Ibiza e Sète: Bem-vindo ao World Club Dome Cruise Edition 2019

Barcelona, ​​Ibiza e Sète: Bem-vindo ao World Club Dome Cruise Edition 2019

Venha connosco para uma das viagens mais versáteis da sua vida: Barcelona, ​​Ibiza e Sète. Um cruzeiro com os melhores DJs do mundo: o World Club Dome Cruise Edition 2019. lê mais

Uma viagem pela Andaluzia: Málaga, Sevilha, Córdoba e Granada

Uma viagem pela Andaluzia: Málaga, Sevilha, Córdoba e Granada

lê mais

Descubra qual o festival de música em Portugal perfeito para você

Descubra qual o festival de música em Portugal perfeito para você

É verão na Europa e você ainda não sabe onde vais passar os próximos meses? Gostariamos de lhe sugerir alguns festivais em Portugal! lê mais

Diário de viagens em Portugal: como aproveitar ao máximo os destinos de verão de 2019

Diário de viagens em Portugal: como aproveitar ao máximo os destinos de verão de 2019

Portugal é o rei dos destinos de Verão! Encontre neste artigo todos os conselhos e dicas em exclusivo do diário de viagem da Monelle Chiti a Portugal! lê mais

PASSATEMPO: Hostelsclub + Ostello Bello = 'Belli Together'

PASSATEMPO: Hostelsclub + Ostello Bello = 'Belli Together'

PASSATEMPO para celebrar o mês do Orgulho Gay (Pride). lê mais

Ver mais artigos >