10 dicas para viajar como um local

16/08/2019

Leia as nossas 10 dicas para ter uma experiência incrível como ou com locais

Está cansado de se sentir como um turista enquanto viaja para o exterior? Talvez esteja à procura de uma experiência cultural mais genuína e autêntica no lugar de destino? Se o seu desejo é este, o de viajar à procura de novas aventuras que divergem das habituais, leia este artigo para aprender a viajar como um local e não como um turista...

Ah, e quer saber a melhor parte? A sua experiência não será apenas culturalmente mais rica e significativa, mas também economizará muito dinheiro ao mesmo tempo!

1. Faça uma mala prática

Embora possa parecer relativamente simples, fazer uma mala requer muito mais tempo e reflexão do que imagina. O que traz consigo nas suas viagens é muito importante, por isso é necessário um planeamento considerável se quiser estar totalmente preparado.

Evite atrair algum tipo de atenção indesejada e tente misturar-se com os locais, especialmente se quiser ser tratado como um! Por mais estranho que pareça, a escolha da roupa pode determinar como é tratado num país estrangeiro. Sugerimos que pesquise sobre esta questão a fim de evitar qualquer constrangimento.

Afinal de contas, as primeiras impressões são cruciais... Para tirar o máximo proveito da sua viagem, em vez de ficar de pé e parecer aquele típico turista com um boné de beisebol amarelo brilhante, opte por roupas subtis que permitam que se misture na multidão. Esta simples troca garante a liberdade de se movimentar e absorver a cultura, em vez de ser um íman para os vendedores de rua.

2. Bilhete de avião

Getting there

Agora que as malas estão prontas, é hora de começar! Recomendamos que reserve um voo com pelo menos 2 a 3 meses de antecedência para evitar preços altos, especialmente na época alta. O mesmo acontece nas viagens de comboio de longo curso.

Pesquise de forma completa e metódica o melhor negócio possível. Confie em nós, pois vai valer a pena a longo prazo quando puder pagar com o dinheiro que poupou um jantar requintado!

Não confie exclusivamente nas Apps e plataformas online. Estas podem ser muito úteis mas também utilizam as cookies para fazer disparar o preço se virem que anda a pesquisar muito um cerrto local! Pode dar também uma vista de olhos nos aeroportos próximos, pois pode descobrir que, se viajar para outro local um pouco mais longe do destino desejado, poderá economizar uma quantia significativa. Além disso, se fizer a mala como aconselhamos acima, o peso será menor e, consequentemente, o custo extra para uma mala maior também será evitado.

3. Onde ficar?

Crédito da foto: @oasisbackpackershostelsevilla

Sugerimos que opte por ficar num hostel caso esteja à procura de uma experiência mais autêntica. É fácil conhecer pessoas locais e internacionais, permitindo que tenha uma visão da cultura local, além de ouvir os conselhos de outros viajantes. Porque não espreita a nossa seleção de hostels baratos?

Falar com pessoas que vivem e trabalham no local que está a visitar permite que aprenda tudo sobre os melhores lugares (e geralmente melhores preços) nas proximidades, e pode ser que até tenha a oportunidade que se ofereçam para ser o seu guia... Este tipo de experiência é muito mais difícil de encontrar se se hospedar num hotel ou airbnb...

Além disso, os hostels geralmente têm vários eventos e atividades e, de uma maneira geral. são grátis. Economize um pouco e, em vez de investir em excursões de grupo dispendiosas, arrisque-se a perder e a aproveitar os passeios gratuitos a pé, jantares de grupo e pub crawls que o hostel organiza para que viva mesmo a cultura local.

4. O que ver enquanto estiver lá?

Embora seja sempre uma boa ideia ler artigos e guias antes de chegar ao destino, também é bom que vá com o espírito aberto e aceite contratempos e coisas que lhe apareçam à frente.

Um conselho de um local pode fazer toda a diferença, então porque não tenta?! Faça um esforço e fale com as pessoas locais que encontra pelo caminho, valorizando qualquer conselho que eles tenham para dar. Seja o recepcionista do hostel ou até mesmo o homem amigável que estava no comboio, cada um deles terá o prazer de ajudá-lo e fornecer qualquer informação que seja útil.

No entanto, nnão tente ver e fazer tudo em pouco tempo, pois isso é quase impossível e pode fazer com que perca alguma oportunidade única. Às vezes, a melhor maneira de se familiarizar com uma cidade é deixar os mapas e os telefones para trás e seguir por conta própria. Explorar um novo lugar sozinho pode ser muito recompensador, especialmente se for corajoso o suficiente para se desviar do caminho de vez em quando...

5. Andar por lá

car share

Ao visitar um novo lugar, a questão de como andar pelo sítio é sempre uma questão fulcral, seja pelo tempo que dispende ou pelo custo. Diga 'Adeus' aos táxis e diga 'Olá' à partilha de carros! Não podemos enfatizar as vantagens suficientes de o fazer, já que não só economiza muito dinheiro e reduz instantaneamente a sua pegada de carbono, como também conversa e conhece muitas pessoas diferentes ao longo do caminho.

Apresentamos o BlaBlaCar - a melhor maneira de se locomover se quiser viajar como um local, ou mais especificamente, com um! A ideia é simples, procura por um passeio, seleciona os seus locais de início e fim, bem como o dia e a hora que quer viajar, e a APP conecta-o a pessoas que irão fazer uma viagem semelhante, se não idêntica, a si! Os motoristas fornecem informações sobre o preço, o modelo do carro e a disponibilidade para que possa escolher a opção que mais se adequa.

6. Onde comer e beber?

Fresh produce

Quando se trata de experimentar a gastronomia local, aconselhamos que pesquise com antecedência. Embora seja bom não ter um plano rígido quando está de férias, quando se trata de comida, é sempre melhor planear para onde quer ir e fazer uma reserva com alguns dias de antecedência, se não quiser ficar desapontado.

Verifique os comentários online para ter ideia de como é o restaurante. Além disso, veja se os menus estão traduzidos em muitos idiomas diferentes, pois é sinal de que o restaurante é para turistas e, portanto, provavelmente cobra preços mais altos por pouca qualidade.

Alternativamente, se realmente quer viver como os locais, não é necessário comer sempre fora! Pode ir até às mercearias locais e comprar algumas frutas frescas, vegetais e outros ingredientes que pode precisar para cozinhar uma bela refeição na cozinha do hostel. A combinação de conforto caseiro e produtos locais frescos é top!

7. Falar o idioma local!

Language

Falar o básico do idioma do sítio que está a visitar é uma obrigação se quer ter a tal experiência autêntica. Isto fará com que seja mais provável que tenha uma recepção mais calorosa da população local.

Não só eles serão mais amigáveis, eles também serão muito mais obrigados a ajudá-lo. Sugerimos que invista num dicionário. Apenas um simples "Olá" com a pronúncia correta no idioma correto pode significar o caminho certo para uma experiência ainda mais incrível!

8. Minding seu dinheiro

Money

Uma das coisas mais importantes sobre viagens inteligentes é certificar-se que obtém as melhores taxas de câmbio.

Procure as melhores tarifas online e as etapas necessárias. Sugerimos que solicite um cartão de moeda online pré-pago, como o Caxton FX. Chegam por correio e, ao carregar dinheiro no cartão, pode usá-lo na maioria dos lugares sem ter que se preocupar com as taxas de transacção.

Tente evitar levantar dinheiro do seu cartão de crédito ou débito enquanto está no estrangeiro, mas caso esteja em modo de desespero, informe o seu banco de que está no exterior para evitar que o seu cartão seja bloqueado (sim, isso acontece com muitos pessoas)!

9. Respeite a cultura local

culture

Respeite as pessoas locais e a sua cultura, seja paciente e passe tempo a ouvir os conselhos dos locais.

Ser tímido enquanto viaja para o exterior não o vai levar a lado nenhum e, pderá perder muitas experiências incríveis. Não vá ao Macdonalds ou Starbucks só porque estes sítios são familiares! Em vez disso, tenha fé nas pessoas, experimente a comida da rua e viva o estilo de vida local.

10. Seja espontâneo!

Adventure

Por último mas não menos importante, seja espontâneo! Deixe-se guiar pelo poder da aventura, descoberta e novas oportunidades. No final do dia, viajar é tudo sobre diversão, então solte o seu cabelo e divirta-se! Conheça novas pessoas, aprenda novos idiomas, veja novos lugares...

Últimas posts no blog

9 sítios alternativos para descobrir em Florença

9 sítios alternativos para descobrir em Florença

Uma comparação entre os lugares clássicos e incomuns de Florença e entre os grandes génios artísticos do passado com os novos artistas contemporâneos. lê mais

Como fazeres amigos nos hostels

Como fazeres amigos nos hostels

Viajar sozinho é incrível, mas às vezes precisamos de ter alguém ao nosso lado. É por isso que oferecemos algumas dicas sobre como fazeres amigos enquanto viajas. lê mais

9 Apps que deve ter no seu telemóvel

9 Apps que deve ter no seu telemóvel

Todos enfrentamos contratempos ao viajar, e é por isso que hoje existem muitas apps que podem ajudá-lo nas suas viagens, tornando-as mais fáceis e sem stresses! Do que está à espera? Leia e faça o download! lê mais

Top 4 dos melhores hostels para o Oktoberfest

Top 4 dos melhores hostels para o Oktoberfest

Se queres ficar num dos alojamentos mais cool de Munique, despacha-te! Camas e quartos vão esgotar num piscar de olhos lê mais

O que fazer em San Sebastián

O que fazer em San Sebastián

San Sebastián tem tudo: desde praias, montanhas, gastronomia e eventos lê mais

Tailândia: um guia económico

Tailândia: um guia económico

Tailândia é uma das suas viagens de sonho? Pensa que vai gastar muito? Nós garantimos-lhe que não! lê mais

Ver mais artigos >