Entrevista com a blogueira do 'Vestindo a Alma'

A inspiração em pessoa de como nunca é tarde para mudar de vida.

Bruna Villegas, uma sonhadora e amante de viagens e de surf, é muito feliz com a vida que leva. Motivação e paixão é o que não lhe falta para continuar as suas aventuras por esse mundo fora e continuar a ajudar as pessoas a serem capazes de seguirem seus sonhos!

Surf

A blogueira e fundadora do 'Vestindo a Alma' e da loja de objetos artesanais 'Vestindo a Alma', conta um pouco mais sobre sua vida, como tudo começou e seus sonhos, nesta entrevista ao HostelsClub.

Olá Bruna. Li no seu blog que desde pequena que adora escrever e gerir. Pode contar-nos mais sobre esta altura da sua vida?

As coisas foram acontecendo e com o incentivo de uma amiga, criei o blog onde comecei a postar sobre as minhas viagens, trajetórias e mudanças que estava passando.

Hoje, continuo escrevendo praticamente todos os dias sobre viagens mas foquei também nas minhas inspirações e compartilhamento de energias.

Antes, eu tinha vergonha e medo de ser julgada por falar sobre minhas experiências, mas percebi que todas as vezes que falava e escrevia sobre isso as pessoas me agradeciam muito e eu conseguia ajudar muita gente. Ajudar sempre foi algo que eu gostei e fiz desde pequena, sempre tive dentro de mim essa vontade de fazer o bem, então percebi que esse é um propósito na minha vida e descobri uma forma de poder cumpri-lo, através disso tudo.

Além disso, através do Blog e da loja online, tenho que gerir diariamente os conteúdos de clientes e também a administração e marketing da loja. Tudo isso está inserido no meu dia-a-dia!

Bruna

Você se formou em Publicidade e Propraganda (PP). De que forma é que a sua formação académica e profissional influenciou a sua vontade de viajar e, posteriormente, de escrever um blog?

Na faculdade de PP escrevemos e criamos o tempo todo. Eu sempre fui muito boa a português na escola e, consequentemente, na faculdade, onde nas redações também sempre me desenrolava bem.

A vontade de viajar bastante ficou cada vez mais forte enquanto trabalhei no Marketing do Decolar.com (sempre sonhei em trabalhar no marketing de uma empresa boa e depois de sair de agência foquei em conseguir isso).

Nessa empresa, viajava todos os anos em trabalho e fiquei viciada (risos), foi quando ganhei a viagem da minha vida, para Bali, na Indonésia.

Quando voltei dessa viagem, fiquei completamente transtornada com a minha realidade pois percebi através do povo Balinês, que a vida era muito mais do que trabalhar para ganhar dinheiro. Então fiquei uns 2 meses mal, até conhecer uma pessoa, que posteriormente se tornou uma grande amiga, e que fundou o blog comigo. A partir disso, reuni duas coisas que amava muito: escrever e viajar e como consequência, exercer uma coisa que sempre quis: inspirar outras pessoas.

A viagem da sua vida foi Bali, certo? Gostaria de lá voltar?

Com toda certeza do mundo! Por mim eu voltaria todos os anos, passaria uma temporada também de uns dois ou três meses. Aquele lugar é surreal e a energia de lá é única.

Bali

Nas suas viagens onde costuma ficar hospedada?

Geralmente fico em pousadas ou casas, mas já fiquei em muitos hostels bons, gostei muito do que fiquei em Vitória no Espírito Santo e um no Leblon no Rio de Janeiro (mas não me lembro dos nomes).

O blog tem algo de particular que é ter também uma loja online, a "Vestindo a Alma Store". O que vende aqui são objetos que faz, que compra e vende das suas viagens, ou outra coisa? Conte-nos tudo!

Exemplo de bijuteria à venda

A loja foi outro presente do universo. Quando criei o blog achei que ganharia rios de dinheiro em pouco tempo. Quando percebi que isso talvez nunca fosse acontecer, ou se acontecesse demoraria mais tempo, busquei uma alternativa e criei a loja online. A princípio produzindo blusinhas com estampas que traduziam o estilo 'Vestindo a Alma' de ser. Frases como: 'Hakuna Matata', 'Every little thing is gonna be all right', etc.

Com o fim da minha sociedade com a co fundadora, acabei deixando a loja de lado por um tempo. Passado uns meses conheci a minha sócia atual na loja que quis muito investir nas peças e me trouxe a opção de vender pratas com o tema de praias.

Começou a dar super certo e as pratas tiveram muita saída, então ela resolveu fazer o curso de joalheria artesanal, me ensinou e começamos nós mesmas a produzir nossas próprias pratas que estouraram e fazem maior sucesso.

Nosso produto é todo artesanal, derretemos a prata, desenhamos a peça, moldamos, finalizamos e enviamos para os clientes.

Além de valorizar o handmade, ainda contribuimos com o consumo consciente, pois não existe trabalho escravo e todos sabem de onde vem e para onde vai nossa matéria prima e produto!

Exemplo de objetos à venda

Diz no blog que é uma sonhadora. Qual é o seu grande sonho?

Fazer a diferença nesse mundo, conseguir cumprir meu propósito de ajudar as pessoas a se encontrarem assim como eu me encontrei em um lugar no qual eu apenas existia, até então.

Para finalizar, o que pode dizer às pessoas que gostariam de ter um blog mas que não têm paciência como a Bruna não teve no início?

Acredito com todas as minhas forças que tudo acontece como tem que acontecer quando estamos abertos e atentos. Lá atrás eu recebi a informação para criar o blog e o fiz apenas para movimentar algo, para tentar algo, sem pretensão, sem imaginar o que seria e como seria, e as coisas foram se encaixando e acontecendo.

Então, o que posso dizer é: movimente-se, abra espaços para o universo, Deus, ou o que quer que você acredite, para entrar e transformar a sua vida.

Às vezes, ficamos tanto tempo pensando no que fazer e como fazer, ou focando nas dificuldades e no negativo, que nos distraímos com os pequenos sinais que nos são enviados, não prestamos atenção nos detalhes porque estamos preocupados demais vivendo no futuro, enquanto o presente, o passado e o futuro estão todos juntos no aqui e no agora!