De pontes, canais e ruelas: o guia para descobrir Veneza através de uma Veneziana

03/02/2020

Nada melhor do que visitar as ruas estreitinhas de uma das cidades mais bonita do mundo através dos olhos de uma habitante local.

1 (big)

“Como é o paraíso? - Como Veneza, espero, um lugar cheio de italianas e italianos. Um sítio que se desgasta e onde se sabe que nada perdura, nem o paraíso, que isso ao fim e ao cabo não importa” - Roberto Bolaño

Veneza é uma dessas cidades que dispensa apresentações, as suas qualidades têm sido divulgadas de maneira quase automática desde os tempos remotos. Não há nenhum cantinho desta ilha que não surpreenda e deixe boquiaberto os viajantes que passam e buscam absorver um pouco da sua história; alguns capturam-na com a memória, outros com o flash das suas câmaras. Falamos de uma cidade assente sobre estacas que resiste a milhares de toneladas desde há séculos, de um antigo centro mercantilista com famílias da realeza que estavam longe de ser ricas.

Há muita informação para partilhar e assim o faremos, mas não para já. Por agora é importante clarificar que estas passagens textuais serão acompanhadas por uma guia local que conhece a cidade melhor que ninguém...

Ela

laguna (big)

Ela conhece a cidade melhor que ninguém porque nasceu num desses prédios antigos e cresceu observando as ruas sobrelotadas e de luzes ténues. Dedicava-se a ser vista o tempo todo, alguns fotografavam-na pelas suas habilidades e sabedoria e outros pela sua capacidade de despertar a curiosidade. Depois de muito praticar, sentiu-se preparada para a multidão e começou a trabalhar na área do turismo.

Pode dizer-se que é calma mas com conhecimentos para dar e vender. Se se trata de história, ela fala de guerras e de invasões que este lugar sofreu durante o Império Romano, se te interessa mais o entretenimento, menciona o Casino de Venecia, a grande casa de jogo mais antiga do mundo, inaugurada em 1938! E se tocares no tema da gastronomia, ela vai oferecer-te petiscos, tais como os deliciosos cicchetti.

Antes de começarmos a nossa viagem, é necessário saber que esta tour está dividida em três rotas que incluem lugares essenciais para visitar: o turístico, o gastronómico e o noturno! Andiamo!

Rota turística

san marco terraza (big)

Desde a Stazione Santa Lucia, depois de ouvir alguns acordes do piano antigo, localizado ao lado da porta principal, retiramo-nos na direção do centro da cidade para chegar ao primeiro ponto de interesse: Il Ponte di Rialto. Uma ponte de 23 metros de largura e 48 de comprimento que atravessa o Gran Canal, a mais famosa "rua da água" do mundo. Aqui deve perder-se algum tempo, devemos primeiro assimilar a maravilha que é e só depois tirar as selfies para mostrar a nossa viagem. Dos vaporetti que produzem ondas, aos taxistas, com os seus luxuosos barcos de madeira aglomerada, vale a pena observar tudo.

Agora, esquivando-nos de famílias asiáticas que parecem estar em todo o lado, dirigimo-nos à Piazza San Marco. De certo já ouviste falar desta praça, ou já viste estampada nas paredes de alguma agência de viagens. Pois, estás finalmente diante dela. Para Napoleão era a praça mais bonita da Europa, para ti será sem dúvida uma paragem especial: senta-te numa das esplanadas (cuidado com os preços!) e ouve os constantes concertos de música clássica. A praça está delimitada por edifícios famosos: ao fundo, a fachada da Basília de São Marcos, o Campanile de ladrillo (a partir daqui assinalava-se a chegada de barcos e avisava-se relativamente a incêndios), o Palazzo Ducale e a Torre dell'Orologio.

suspiro (big)

Depois de tirar uma foto a um casal francês, sacudimos alguns pombos do caminho e dirigimo-nos à lagoa para que sintas a brisa suave na tua cara. Viramos à esquerda e andamos até alcançar o primeiro cruzamento chamado Ponte della Paglia. É exatamente aqui que o passado revela o seu lado sombrio, a sua crueldade. A partir desta ponte, veremos à distância a pequena Ponte Dei Sospiri, uma ponte que atravessa o canal onde foram ouvidos os suspiros dos condenados à prisão: levados diretamente da corte para a escuridão de Piombi.

Adesso verso a gioiello, um recanto escondido que poucos conhecem. Chama-se Libreria Acqua Alta e o nome explica tudo. É um estabelecimento que vende livros sobre diferentes temas, mas com a particularidade de que todo o lugar é suportado por prateleiras pouco comuns: gôndolas, barcos e outros que tais. A ideia é que, em caso de inundação, que é muito recorrente nos meses de outubro e novembro, todos os livros fiquem intacto. Possui ainda dois pátios internos com centenas de livros antigos empilhados em modo decorativo.

acqua alta (big)

Outro ponto imperdível onde a nossa guia nos leva são as vistas panorâmicas: lugares localizados vários metros acima do nível da água que fornecem uma vista fantástica e que nos permite medir o quão esplêndida a cidade é. Um desses lugares é o Fondaco dei Tedeschi: a partir do terraço deste centro comercial, localizado próximo à Ponte do Rialto, terás uma vista fantástica do Gran Canal e do centro da cidade. A entrada é gratuita, mas deverás reservar com antecedência online. Alternativamente, podes ir ao Campanile di San Marco, que tem 98 metros de altura, localizado na Piazza San Marco e admirar outro belo panorama.

Rota gastronómica

restaurante (big)

Prepara o estômago que vamos agora iniciar a aventura gastronómica! A nossa guia é generosa e apresenta-nos muitas opções como doces, bolos, guloseimas ou petiscos italianos. A tour inicia-se no Campo Santa Margherita, com uma generosa fatia de pizza num dos locais que delimita a praça. Escolhe à vontade, pois a comida é de qualidade e barata. A nossa recomendação: chiediti la mozzarella con le salsiccie sopra. Se tens algum tempo livre, aproveita para relaxar nesta praça, que é um ponto de encontro onde estudantes universitários se reúnem para sair.

Se és um amante da natureza, recomendamos que te aproximes do Giardini Della Biennale, um espaço verde para caminhar com belas vistas da lagoa. Descansa, respire e reflete durante uns momentos porque a tour vai continuar. Agora vamos conhecer um clássico local chamado Cicchetto - a versão italiana das tapas espanholas. Muitas vezes, são fatias de pão torradas com temperos por cima, acompanhadas por uma camada de folhas verdes, outras vezes a cobertura é feita de carne. Sabe ainda melhor se acompanhado de um vinho branco.

tapass (big)

Continuamos com algo mais pesado, chocolates. Mas não imagines a típica pastelaria, falamos de uma loja de chocolates de luxo que oferece o melhor cacau de Veneza. Entrar só para espreitar é já uma uma experiência em si: há seis funcionários que chamam turistas em diferentes idiomas, uma cascata de chocolate que não pára de pingar e uma senhora simpática que distribui dez variedades diferentes de bombons. Este lugar de tentações chama-se Nino & Friends.

Terás que respeitar os horários do guia, pois ela sabe o momento ideal para provar cada iguaria. Tendo isso em conta, deixamos as horas passar até ao pôr do sol e dirigimo-nos ao distrito veneziano de Cannaregio. A guia conhece a área como ninguém e conduz-nos por áreas residenciais que são um pouco mais silenciosos que o centro da cidade. Em 1516, esta zona tornou-se no gueto judeu e cercou-se de portas guardadas por guardas, para que os judeus fossem mantidos separados do resto dos venezianos. Hoje é um bairro boémio, onde moradores e turistas se sentam para comer ao lado do canal e saborear um bom aperitivo à base de um copo Spritz (um bebida Italiana muito apreciada em Veneza) com uma fatia de pizza.

pizza (big)

Rota Noturna

A maioria das pessoas conhece uma única faceta da cidade dos canais, o lado diurno que elimina tudo o que acontece quando o sol ilumina os palácios e derrete os gelados dos visitantes. Quando a noite cai, tudo muda. Sejamos realistas, não é como a cidade de Nova Iorque, mas tem os seus mistérios e a sua magia, de facto, se queres viver um momento de contemplação e paz, dirige-te à Ponte della Accademia. A sua estrutura de madeira contrasta perfeitamente com as luzes do canal. O importante aqui é ouvir o silêncio e aproveitar este belo cenário sem distrações.

Continuar andando pelas ruas é uma atividade em si. O surpreendente é ser capaz de assimilar o contraste entre caminhar durante o dia entre dezenas de turistas e caminhar durante a noite, quando a tranquilidade é tua aliada. A diferença abismal pode levar-te a sentir medo de te perderes nas ruas e ruelas da ilha mas, nada temas, ela não deixa que nada te aconteça...

noche1 (big)

Tira um tempo para admirar a lagoa, é um bom momento para refletir. Se tiveres sorte, poderás ver um cruzeiro marítimo no porto de Veneza. Eles são tão grandes que parecem autênticas cidades sobre o mar. Por outro lado, se estás interessado numa vida noturna mais intensa, dirige-te ao Piccolo Mondo: uma discoteca aconchegante com uma excelente atmosfera multicultural e que certamente tornará a tua noite veneziana épica. Outra opção é escolher um bar (encontrarás várias opções) em Santa Margherita e socializar com venezianos e viajantes.

A viagem foi curta, mas ficaste a conhecer o essencial. Esperamos que tenhas percebido que o mais importante é absorver o máximo possível da cultura local, a fim de entender a sua história, as suas tradições e os seus sabores. Chegou a altura de revelar que a tua guia não é a típica guia que conduz os turistas com um chapéu de chuva e um megafone. Trata-se de um ser um pouco menos físico, é o espírito que vive nas pontes, nos canais e nas ruelas. Ela é... a própria Veneza.

Por último, convidamos-te a dar uma vista de olhos no nosso Facebook onde constantemente recomendamos hostels de todo o mundo. E se te interessou este artigo, achamos que vais gostar de complementar a leitura com 11 locais secretos para descobrir em Veneza.

Planeia a tua estadia

Últimas posts no blog

8 livros de viagens para inspirar as tuas futuras viagens!

8 livros de viagens para inspirar as tuas futuras viagens!

À procura de um bom livro enquanto ainda tens que estar em casa? Nós ajudamos! lê mais

A vida depois da quarentena: prepara-te porque a grande viagem da tua vida ainda está para chegar!

A vida depois da quarentena: prepara-te porque a grande viagem da tua vida ainda está para chegar!

Já te questionaste como será viajar depois da quarentena? Nós também! Por isso fomos investigar... lê mais

Adia a tua estadia!

Adia a tua estadia!

Adiar em vez de cancelar tem um impacto gigante na indústria do turismo - descobre como podes fazê-lo e remarcar a tua viagem mais tarde sem quaisquer custos extra lê mais

14 filmes para viajar a partir de casa

14 filmes para viajar a partir de casa

Aproveita para assistir a estes filmes agora que estás em casa e viaja sem sair do sofá. lê mais

15 museus espalhados pelo mundo para visitares online gratuitamente

15 museus espalhados pelo mundo para visitares online gratuitamente

Neste artigo sugerimos-te 15 museus e galerias para descobrires online durante este período de quarentena. lê mais

Um guia de viagens para te manter ocupado durante a quarentena

Um guia de viagens para te manter ocupado durante a quarentena

Eis a nossa lista de recomendações para aproveitares bem o tempo em casa. lê mais

Ver mais artigos >