À conversa com Caio Morais, o blogger de Noob Check-in

Inspirado pela sua profissão de rececionista, Caio Morais começou esse blog para ajudar todo os que querem trabalhar em hotelaria!

  • 1 - Como surgiu a ideia do blog e quais são os objetivos do mesmo?
Blog Noob Check-in
  • O Noob Check-in surgiu numa altura de desespero. Eu tinha acabado de ser contratado para a minha primeira experiência hoteleira, como Recepcionista, e embora na internet existisse informação sobre os deveres, era uma informação muito genérica. Para mim não serviria.
Por isso, decidi criar um blog onde pudesse partilhar as minhas experiências profissionais, ajudar outros "aspirantes a hoteleiros" e crescer mutuamente com o site. Era no início, um espelho do que era necessário melhorar enquanto profissional. No entanto, colegas da hotelaria gostaram do projeto e eu convidei-os a fazer o mesmo, a ajudarem outras pessoas através das suas vivências.
Hoje, já não o vejo como um blog, mas sim como uma comunidade online de Hotelaria que contém mais de 22.000 visitas, dezenas de publicações criadas por vários profissionais de Hotelaria, milhares partilhas e uma loja online de t-shirts.
O objetivo sempre foi criar um espaço de interesse para profissionais de Hotelaria com dicas e informações úteis e recursos de gestão de carreira. Gratuitamente.
  • 2 - O blog foca-se só em hóteis ou hostels também são bem-vindos? E já agora qual é a sua opinião sobre os hostels?
Hereda Surf Hostel
  • O Noob Check-in é um livro aberto para todos aqueles que gostariam de melhorar como Recepcionistas, sejam eles de Hotéis ou de Hostels. Acredito, que a experiência ao hóspede tenha que ser dada com o mesmo entusiasmo.
Os Hostels são uma ótima opção para o jovem, não só devido ao fator econômico, mas também a experiência em si. Isto porque, um hóspede de 50 anos, não busca o mesmo que o hóspede de 23, e os hotéis e os hostels sabem disso. Por isso, muitas vezes, os hostels podem ser mais atrativos não só no preço, mas também nas atividades que pode proporcionar ao seu hóspede. Desde hostels que organizam tours, festas, hostels temáticos... certamente encontrarás um à tua medida em Hostelsclub.com
  • 3 - Muitos jovens decidem trabalhar em hotelaria por ser um sector em crescimento, outros porque querem trabalhar enquanto viajam… que conselho dá a um jovem que queira começar a trabalhar como recepcionista?

Lisbon Landscape Hostel

Se tiveres a oportunidade de viajar e trabalhar em um hostel em troca de estadia, deves fazê-lo! Não há valor monetário que pague o que ganhas em cultura e experiência profissional.
Se o fizeres de coração, considero trabalhar em Hotelaria uma mudança de vida! Tanto pelo fator de exigência, trabalhas diretamente com o cliente, tanto pelo multiculturalismo, conheces as mais distintas e variadas pessoas. Sem contar com a oportunidade de Networking que tens em mãos.
  • 4 - Dessas mais variadas pessoas das mais variadas culturas que já conheceste enquando rececionista conta-nos uma história engraçada (ou que se calhar não foi assim tão engraça na altura mas que entretanto já consegues rir dela!).

Hostelle - Female Only

Não sei por onde começar! Já aconteceram inúmeras situações este ano.
Uma delas passou-se em Junho e estava a fazer o turno da noite, portanto, eram 03h00 da madrugada, e estava com mais um colega. Estava eu muito tranquilamente a verificar a checklist, quando subitamente aparece-me um senhor de nacionalidade russa, já de uma certa idade... todo nu!
A explicação dele: esqueceu-se da chave do quarto. Todo atrapalhado, fiz-lhe uma chave nova e o homem sumiu. Até hoje não sei o que o senhor foi fazer nu fora do quarto. Apenas sei que não quero ir à Rússia tão cedo! Haha
O recepcionista passa pelas mais caricatas situações, mas o turno da noite é surreal.
  • 5 - Achas que tornares-te rececionista mudou a tua forma de viajar? Em termos de planeamento, a forma como escolhes o destino ou o alojamento…
Caio Morais
Sim, claro. Em primeiro lugar, até então viajava somente para ver países, cidades, monumentos famosos... Agora, viajo não só para conhecer culturas mas para trazer um bocadinho de cada para casa. E depois, como estás inserido na Hotelaria, sabes sempre como encontrar o melhor estabelecimento ou a melhor época para viajar! :)